"Açude" de Alexandre Reider“Açude” de Alexandre Reider

Eterna fonte de beleza,
Inesgotável prazer da alma,
Fogo celeste que em mim arde,
Evoca-me a certeza:
Sou tua serva, Arte.

Que honra é te servir
Com meu tempo e energia,
E ao mundo transmitir
Tua mensagem de Sabedoria.

Sigo tua pista de inspiração,
Sinto-te por perto.
Conduzi-me pela imaginação,
Elevas minha consciência
Rumo ao céu aberto,
Rumo ao mais distante…
E num ato de inteligência
Sinto-me radiante,
Cheguei ao coração!

Inflamas meu sentimento,
Contemplo-te extasiada,
E com teu consentimento
Registro a beleza apreciada.

Sou espelho de teu brilho,
És o trem, sou o trilho.
Pelos artistas chegas ao mundo
Trazendo a certeza do Além,
Despertando o Ser profundo.

Cumpres tua missão
De relembrar-nos mais uma vez
Que não vivemos em vão,
Que refletimos as Leis,
Que não estamos às sós,
Que o Divino habita em nós.

Juliana Limeira

Anúncios