Willian Wordsworth

versos 59 – 72 (tradução livre)

Nosso nascimento não é senão um sono e um esquecimento
A Alma que cresce conosco, estrela de nossa Vida
Já teve seu pouso em outro lugar
E vem de muito longe
Não em completo esquecimento
E não em total desnudamento
Mas trilhando nuvens de glória viemos
de Deus, que é nossa casa:
O Céu que circunda nossa infância!
Sombras do cárcere começam a cobrir
O menino que cresce
Mas ele vê a luz e sua fonte
Com alegria a contempla;
O jovem, dia a dia afasta-se do oriente
Deve ir embora, da Natureza ainda é sacerdote,
E sua visão esplêndida
Em seu caminho o acompanha;
Por fim, o Homem percebe como morre
E , na luz de um dia comum, se desvanece.

Anúncios